terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Vamos?

3d5 cópia

Além da Terra, além do Céu,

no trampolim do sem-fim das estrelas,

no rastro dos astros,

na magnólia das nebulosas,

além, muito além do sistema solar,

até onde alcançam o pensamento e o coração,

vamos!

Vamos conjugar o verbo fundamental essencial,

o verbo transcendente,

acima das gramáticas e do medo

e da moeda e da política,

o verbo sempreamar,

o verbo pluriamar,

vazão de ser e de viver.

(Drummond)

Cada um fazendo a sua parte neste Universo sem fim.

Beijos!

34 comentários:

Vivian disse...

...Cleo querida linda,
Drummont, e junto com ela,
a sua sensibilidade,
fez deste post um post
5*

adoro...

beijos e beijos

Hod disse...

Menina que simbióse linda.
Drummomd e tua sensibilidade!

Sabes que frequento em demasia aquelas atmosferas da CCMQ. Principalmente o último andar. O Terraço e o Térreo pelas mesmas razões que vc querida amiga!!

A diversidade cultural é espetacular!!

Forte abraço Cleo com muitas bençãos!!

Alôha, Namastê,

Hod.

A.S. disse...

Voar sem limites!
Supremo desejo de alcançar a infinitude... o Amor!


Beijos
AL

poetaeusou . . . disse...

*
Além da Terra, além do Céu,
está a escolha, deste teu post.
,
conchinhas, ficam,
,
*

Janeth disse...

Cleo son una maravillosas palabras, me encanto, es un bello texto, me encanta leerte y ver que tus post cada ves mas inspiradores y profundos
Besitos miles
Janeth

Multiolhares disse...

Se cada um de nós plantasse uma semente o mundo estaria bem diferente
e é tão fácil
beijinhos

Belle disse...

Que sensibilidade vc tem!
Parabéns

Feiticeira disse...

Amar, sempre amar, de todas as formas possiveis em todos sos generos.

E cada um fazendo a sua parte no mundo tudo fica mais facil

Beijinhos

tossan disse...

Além do céu, além do mar houve um poeta Drummond que está hoje no infinito do horizonte a nos espiar e nos sorrir porque gostamos da poesia simples igual a dele. Beijo

Elaine Barnes disse...

Drumond é sempre atual. Ser e viver conjugando o verbo amar. Lindo de viver! Simples e belo.Parabéns pelo post e muito obrigada por sua visita. Adorei seu comentário! Montão de abraços e bjs

Sonia Schmorantz disse...

Genial! Muito boa esta postagem!
beijo

Daniel Savio disse...

Mas cabe cada escolher o que fazer para contribuir para o universo...

Fique com Deus, menina Cleo.
Um abraço.

Valter Montani disse...

Minha querida,

Fiquei feliz com sua visita, estava sentindo sua falta. Eu também, infelizmente não consigo visitar os blogs dos amigos.
A rotina do trabalho e da vida acaba nos engolindo e impedindo de fazer o que realmente gostaria de fazer.
Mas saiba que no meu coração seu espaço já está garantido. Apareça sempre e tenha um excelente 2.010 repleto de realizações, bjs

Drummond sempre uma excelente escolha, valeu!

Andréia A disse...

oie Cleo..

Drummond Sem palavras...
Lindoooooooooooo texto..

querida tenha uma semana repleta de luz!!
bjss

Mariana disse...

Ler Drummond sempre é gratificante.
"Cada um fazendo a sua parte neste Universo sem fim" complementa o meu post d hoje.
Tenhas um lindo dia,produtivo e iluminado.

Franzé Oliveira disse...

Olá menina,
Vou tb, viu?
Vamos conjugar o verbo "pluriamar".

Bjos com ternura.

Jacarée disse...

Cleo!

Grato pela sua visita.

Drummond é um SER intemporal.

Cadinho RoCo disse...

Sem amor não dá.
Cadinho RoCo

Oliver Pickwick disse...

Poesia oportuna para um começo de ano. Suponho que faço minha parte, mas prometo me esforçar ainda mais.
Um beijo e feliz 2010!

Elcio Tuiribepi disse...

Acabei de ler uma Pessoa chamada Fernando em outro blog, é, esse mesmo, tão bom quanto o seu menino Drumond aqui, que nos convida a uma viagem para dentro da alma, para dentro do coração...
Ótima escolha Cleo...
Um abraço na alma...bjo

Helinha disse...

Ah, querida...

Tinha até esquecido como é gostoso vir aqui no seu cantinho e ler as coisas lindas que você posta... que fazem um bem danado pra gente...

Você e Drummond estão certíssimos... o único verbo que importa mesmo é esse!! Seria tão bom se todos o conjugássemos... sempreamar!!

Beijos!!

Tataahzinha disse...

aaaaaaaah, que texto lindo! O que leio aqui SEMPRE me inspira! *.*

Se7e/5 disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
mundo azul disse...

___________________________________

Drumond é maravilhoso e você o embalou com maestria e nos ofereceu... Obrigada, Cleo!!!


Beijos de luz e o meu carinho!

____________________________________

Ana Paula Duarte disse...

Não poderia ter feito melhor escolha ao postar esse texto!
Parabéns pelo blog!
Abraço.

Véu de Maya disse...

Olá Cléo!
passo pra conferir a tua sempre expressiva postgem...beijinhos de amizade.

Mari Amorim disse...

Cléo,
vim agradecer seu carinho e interagir com vc seguindo teu blog


brasa do tempo
acende quando passas
no pensamento
Boas energias,
Mari

Dois Rios disse...

Oi, Cleo,

Drummond abusa do simples para versar o belo!

Amar. O verbo fundamental. Façamos, então, a nossa parte.

Beijos,
Inês

p.s. Grata pela sua gentil visita.

Magnun disse...

MUITO ALEM DA TERRA, MUITO ALEM DO CÉU,MUITO ALEM DO INFINITO,MUITO ALEM DO TRAMPOLIM,MUITO ALEM DAS ESTRELAS,MUITO ALEM DAS PALAVRAS.
CLEO, POR UM SEGUNDO PENSEI QUE VOCÊ ESTIVESSE FALANDO DO MEU BLOG,
ABRAÇOS,MAGNUN

Olhos de mel disse...

Querida amiga; ele realmente, dispensa quaisquer comentários... E como o mundo está precisando conjugar esse verbo...
Bom domingo! Beijos

Srta Butterfly disse...

Além da terra, além do céu, nos braços do amor...Só assim...

Beijos e borboletas...

Unseen Rajasthan disse...

Beautiful words and fantastic shot !Great

O Profeta disse...

O troar do trovão, esta incessante chuva
As estrelas choram todas as mágoas na terra
Onde param os Anjos, porque não nos acodem os Santos
O mal e o bem porfiam esta eterna guerra

As casas do sul ruiram todas
Tal como a esperança desesperada
Toquei no rosto de uma criança triste
Senti uma paz surgir do nada


Mágico beijo

Mågø Mër£Îm disse...

Poucos imaginam qual a parte que lhe cabe no universo...rs

Quem sou eu

Minha foto
Um pássaro que não quer ser aprisionado...Assim é minha alma...Que pousa onde encontra alento e amor...Mas que precisa estar livre para voar se assim desejar...Sou fiel aos meus sentimentos e não aceito que me prove...Quando amo sinto a intensidade do amor percorrer cada célula de meu corpo...Minha alma que de tão transparente é lúcida...Sou menina...Sou mulher...Quero tão pouco dessa vida... Quero fogueira para dançar...Quero a lua e as estrelas compartilhando minha dança...Quero a brisa da madrugada me envolvendo...E quando os primeiros raios de sol nascer...ainda quero presa entre meus dedos uma taça de vinho seco...Lanço a sorte a todos e como recompensa recebo-a de volta...Assim é minha alma cigana...

Presente da Helô Blog Sintonias do Amor

presente da Helô

O que é imperfeito, será perfeito. O que é curvo será reto. O que é vazio será cheio. Onde há falta haverá abundância. Onde há plenitude haverá vacuidade. Quando algo se dissolve, algo nasce. (Tao Te King:22)

Assine meu guestbook ficarei feliz!

Aprenda

Aprenda a ver a grandeza de seu próximo
e verá também sua própria grandeza.
KHALIL GIBRAN