quinta-feira, 15 de maio de 2008

A luta do amor








Temos apenas uma noite.

Sejamos ágeis.

Sérios amantes que a paixão conduz.

O corpo teso nos sentidos.

Os olhos mergulhados num mar de luz.

Entremos nesta casa,

Como penetram as aves no ar.

Somos abandonados

Ao desempenho de nossas próprias asas.

Temos apenas uma noite.

Amantes furtivos, fugitivos.

Precisamos nos livrar das vestes

Da misericórdia, deixá-la também.

Para que seja capaz

Não ter como obrigatório

Esta conduta de se abafar por dentro.

Por dentro da carne

O barulho de nossa luta.

Que os olhos fiquem atentos,

Que o peito abra suas janelas,

E o corpo,

Sol absoluto

Seja rei desta criação.

Precisamos amar fora do tempo,

Prisioneiros da hora deste agora,

Secretos convidados da nossa história

Que dentro desta casa se derrama

E se desata, em derrota

Ou vitória.

Deixemos para o nosso sustento

A paixão fazer a semeadura,

E o que for

Aspirado pelas ventas

Ternura, e também frieza absolutas

Cúmplices da humana trajetória,

Não arredaremos o corpo destas lutas.

Neste encontro não há mentiras.

Só duas criaturas

Que a vida recria.





Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Um pássaro que não quer ser aprisionado...Assim é minha alma...Que pousa onde encontra alento e amor...Mas que precisa estar livre para voar se assim desejar...Sou fiel aos meus sentimentos e não aceito que me prove...Quando amo sinto a intensidade do amor percorrer cada célula de meu corpo...Minha alma que de tão transparente é lúcida...Sou menina...Sou mulher...Quero tão pouco dessa vida... Quero fogueira para dançar...Quero a lua e as estrelas compartilhando minha dança...Quero a brisa da madrugada me envolvendo...E quando os primeiros raios de sol nascer...ainda quero presa entre meus dedos uma taça de vinho seco...Lanço a sorte a todos e como recompensa recebo-a de volta...Assim é minha alma cigana...

Presente da Helô Blog Sintonias do Amor

presente da Helô

O que é imperfeito, será perfeito. O que é curvo será reto. O que é vazio será cheio. Onde há falta haverá abundância. Onde há plenitude haverá vacuidade. Quando algo se dissolve, algo nasce. (Tao Te King:22)

Assine meu guestbook ficarei feliz!

Aprenda

Aprenda a ver a grandeza de seu próximo
e verá também sua própria grandeza.
KHALIL GIBRAN